Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/6725
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarneiro, Cláudia Martinspt_BR
dc.contributor.authorTeles, Gabrielle Larissa Oliveira-
dc.date.accessioned2024-03-21T11:09:27Z-
dc.date.available2024-03-21T11:09:27Z-
dc.date.issued2024pt_BR
dc.identifier.citationTELES, Gabrielle Larissa Oliveira. POC - Papear, ouvir e conscientizar: até onde o diálogo e a diversidade pode nos levar?. 2024. 38 f. Monografia (Graduação em Farmácia) - Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2024.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/6725-
dc.description.abstractA comunidade de pessoas Lésbicas, Gays, Bissesuais, Transexuais, Transgêneros, Travestis, Queers, Intersexos, Agêneros, Assexuados, Pansexuais e Não-binaries, cujo a sigla é LGBTQIAPN+ representa um movimento político e social, em busca de direitos e reconhecimento perante a sociedade, para pessoas com diferentes orientações sexuais e identidades de gênero, que ainda sofrem discriminação e violência, tornando essencial a implementação de políticas públicas e apoio de todas as pessoas, tanto a esse grupo, quanto a todas as minorias que são diariamente rechaçadas na sociedade. As mídias sociais desempenharam um papel essencial na divulgação e ampliação do alcance do projeto durante o período de isolamento social, permitindo alcançar seu público-alvo. O uso estratégico do Instagram, junto com a análise das métricas da rede, contribuiu para expansão e desempenho do projeto, facilitando as avaliações das informações geradas através de cada post da rede social, disseminando a promoção de discussões sobre diversidade e inclusão. O projeto “POC: Papear, Ouvir e Conscientizar” tem como propósito promover o diálogo e a conscientização sobre questões relacionadas à diversidade, sexualidade e gênero, visando alcançar todas as minorias sociais. Através de rodas de conversa, o projeto buscou compartilhar vivências e oferecer um espaço para acolhimento para aqueles que enfrentam o preconceito da sociedade, como é o caso da comunidade LGBTQIAPN+. Com isso, o projeto POC abriu inicialmente um espaço de diálogo e acolhimento sob a forma de rodas de conversas, realizadas de maneira presencial na Universidade Federal de Ouro Preto, que precisou ser adaptado para encontros virtuais devido à pandemia de doença de coronavírus.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectDiversidade de gêneropt_BR
dc.subjectMinorias sexuais e de gêneropt_BR
dc.subjectInstagram - rede social on-linept_BR
dc.subjectMídias sociaispt_BR
dc.titlePOC - Papear, ouvir e conscientizar : até onde o diálogo e a diversidade pode nos levar?pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeBandeira, Lorena Cerapt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Daniel Lucaspt_BR
dc.contributor.refereeCarneiro, Cláudia Martinspt_BR
dc.description.abstractenThe community of Lesbian, Gay, Bisexual, Transsexual, Transgender, Transvestite, Queer, Intersex, Agender, Asexual, Pansexual and Non-binary people, whose acronym is LGBTQIAPN+, represents a political and social movement, in search of rights and recognition before the society, for people with different sexual orientations and gender identities, who still suffer discrimination and violence, making the implementation of public policies and support for all people essential, both for this group and for all minorities who are rejected daily in society . Social media played an essential role in publicizing and expanding the reach of the project during the period of social isolation, allowing it to reach its target audience. The strategic use of Instagram, along with the analysis of network metrics, contributed to the expansion and performance of the project, facilitating the evaluation of information generated through each post on the social network, disseminating the promotion of discussions about diversity and inclusion. The “POC: Papear, Listen and Awareness” project aims to promote dialogue and awareness about issues related to diversity, sexuality and gender, aiming to reach all social minorities. Through conversation circles, the project sought to share experiences and offer a welcoming space for those who face prejudice in society, such as the LGBTQIAPN+ community. With this, the POC project initially opened a space for dialogue and reception in the form of conversation circles, held in person at the Federal University of Ouro Preto, which had to be adapted for virtual meetings due to the coronavirus disease pandemic.pt_BR
dc.contributor.authorID15.1.2149pt_BR
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_PapearOuvirConscientizar.pdf1,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.