Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3019
Title: Como nos tornamos universitários? a experiência do primeiro ano e o senso de pertencimento à universidade.
Authors: Soares, Karina da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Maranhão, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque
metadata.dc.contributor.referee: Maranhão, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque
Fernandes, Talita Almeida
Carvalho, Alexsandre Gustavo da Silva
Keywords: Administração - aspectos psicológicos
Estudantes universitários - aspectos psicológicos
Personalidade
Issue Date: 2021
Citation: SOARES, Karina da Silva. Como nos tornamos universitários? a experiência do primeiro ano e o senso de pertencimento à universidade. 2021. 37 f. Monografia (Graduação em Administração) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.
Abstract: Para além de somente se pensar sobre o universitário de Administração e as características desta formação, é necessária a reflexão sobre esse sujeito que ingressa na vida universitária e se propõe a vivenciar um conjunto extremamente novo de experiências e dilemas. Dessa forma, esta pesquisa buscou a compreensão de como é se tornar um universitário à luz do conceito senso de pertencimento, entendendo que muitos alunos estão saindo de uma forma de vida bem particular para uma vivência social, política e estrutural bastante diferente ao entrarem na universidade. A perspectiva epistemo-metodológica é de base interpretativista e a técnica de coleta de dados utilizada foi o grupo focal. A análise constatou que o senso de pertencimento é um importante elemento que influencia a chamada “taxa de sucesso” do curso e impacta positivamente na satisfação dos alunos e no aproveitamento acadêmico. O estudo contribuiu para reforçar a escala de senso de pertencimento, e trouxe para o modelo novas variáveis que não estavam previstas, mas que possivelmente interferem na vivência dos alunos e consequente conexão à Universidade, valorizando as peculiaridades do local em que ele foi realizado.
metadata.dc.description.abstracten: In addition to just thinking about the business college student and the characteristics of this training, we need to think about this person who enters university life and proposes to experience an extremely new set of experiences and dilemmas. Thus, the current study sought to understand what it is like to become a university student, in view of the sense of belonging concept, understanding that many students are leaving a very particular way of life for a quite different social, political and structural experience when they enter university. The epistemo-methodological perspective is interpretive and the focus group was the data collection technique conducted. The analysis found that the sense of belonging is an important element that influences the so-called “success rate” of the course and has a positive impact on student satisfaction and academic achievement. The study contributed to reinforce the sense of belonging scale, and brought to the model new variables that were not foreseen, but that possibly interfere in the students' experience and consequent connection to the University, valuing the peculiarities of the place where it was held.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3019
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_ComoTornamosUniversitários.pdf812,68 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons