Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2389
Title: Falsificados : um estudo sobre a desmotivação da compra por jovens pertencentes à base da pirâmide.
Authors: Castro, Jacson Lourenço Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Inácio, Raoni de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee: Inácio, Maurinice Daniela Rodrigues
Brito, Lélis Maia de
Inácio, Raoni de Oliveira
Keywords: Falsificação
Economia
Comportamento do consumidor
Nomes comerciais
Issue Date: 2019
Citation: CASTRO, Jacson Lourenço Silva. Falsificados : um estudo sobre a desmotivação da compra por jovens pertencentes à base da pirâmide. 2019. 30 f. Monografia (Graduação em Administração) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2019.
Abstract: Esta pesquisa teve por objetivo identificar quais fatores serviam como desestimulantes da compra de produtos falsificados por jovens entre 20 e 30 anos pertencentes à base da pirâmide. O Brasil é composto em sua maioria por pessoas que não têm condição financeira que lhes permita adquirir itens caros, principalmente os que não fazem parte das necessidades humanas básicas. Para que o trabalho fosse desenvolvido, foram entrevistados doze jovens a fim de que identificasse como se relacionavam com produtos falsificados quanto alternativa economicamente viável aos produtos de luxo. As questões buscavam deixar transparente a visão que os entrevistados tinham das marcas famosas e mostrar quais eram suas percepções quanto destaque no meio social, além de abarcar perspectivas sobre inclusão e exclusão social. Foram colocadas três proposições durante a pesquisa e todas foram confirmadas, sendo: P1- A associação à má qualidade de produtos falsificados é um fator desestimulante de compra; P2- A antecipação da vergonha decorrente do uso de um item falsificado faz com que o consumidor o evite de comprar; P3- O medo provocado por um possível desprezo do meio social age como regulador, fazendo com que o indivíduo evite a compra de produto falsificado.
metadata.dc.description.abstracten: This research aimed to identify which factors served as discouraging the purchase of counterfeit goods by young people aged 20 to 30 belonging to the base of the pyramid. Brazil is mostly made up of people who have no financial status to afford expensive items, especially those that are not part of basic human needs. To develop the work, 12 young people were interviewed to identify how they related to counterfeit goods as an economically viable alternative to luxury goods. The questions sought to make the interviewees' view of famous brands transparent and to show their perceptions of prominence in the social environment, in addition to embracing perspectives on social inclusion and exclusion. Three propositions were made during the research and all were confirmed: P1- The association with the poor quality of counterfeit products is a discouraging factor of purchase; P2- The anticipation of the embarrassment resulting from the use of a counterfeit item makes the consumer avoid buying it; P3- Fear provoked by a possible contempt of the social environment acts as a regulator, causing the individual to avoid buying counterfeit products.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2389
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_FalsificadosEstudoDesmotivação.pdf492,13 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons