Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1932
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFernandes, Rafaela Bezerrapt_BR
dc.contributor.authorCerviño, Bárbara Regine de Paula-
dc.date.accessioned2019-07-24T17:13:36Z-
dc.date.available2019-07-24T17:13:36Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationCERVIÑO, Bárbara Regine de Paula. Criminalização da pobreza no Brasil: reflexos na juventude. 2019. 54 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1932-
dc.description.abstractO presente estudo se propõe a refletir sobre a criminalização da pobreza e sua expressão mais contundente sobre a juventude. Para tanto, recorre ao debate de Estado, à concepção de violência e de sociedade civil para compreender as conformações das relações sociais estabelecidas em nosso tempo. Visando contextualizar o marco legal contemporâneo acerca dos direitos da infância e da juventude, realiza-se um breve resgate da trajetória das políticas sociais voltadas a estes públicos no compasso da formação sócio histórica brasileira, cujas marcas se fazem sentir no atraso e na configuração dos direitos sociais construídos em nosso território. Com o intuito de estabelecer um panorama acerca das discussões acerca da temática da juventude, toca-se na esfera da mídia enquanto instrumento reprodutor de ideologias e estigmas relativos à imagem da população jovem e periférica. Como subsídio de análise, a presente pesquisa reúne dados acerca do perfil do sistema prisional brasileiro, além de proposições legislativas que se propõem ao recrudescimento de penas e retração de direitos voltados à crianças e adolescentes. Como resultado, identifica o quão funcional tem se constituído a segregação, discriminação e criminalização da pobreza que tem como cerne o extermínio e encarceramento da juventude pobre, negra e periférica.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectJuventudept_BR
dc.subjectCriminalização da pobrezapt_BR
dc.subjectEstadopt_BR
dc.subjectViolênciapt_BR
dc.titleCriminalização da pobreza no Brasil : reflexos na juventude.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeHorst, Cláudio Henrique Mirandapt_BR
dc.contributor.refereeGomes, Luciana da Conceiçãopt_BR
dc.contributor.refereeFernandes, Rafaela Bezerrapt_BR
dc.description.abstractenThe present study aims to reflect on the criminalization of poverty and its most powerful expression on youth. To do so, it uses the State debate, the conception of violence and civil society to understand the conformations of social relations established in our time. Aiming to contextualize the contemporary legal framework on the rights of children and youth, a brief rescue of the trajectory of social policies aimed at these publics is carried out in the compass of Brazilian socio-historical formation, whose marks are felt in the backwardness and configuration of the rights built in our territory. In order to establish a panorama about the discussions about the theme of the youth, it touches on the sphere of the media as a reproductive tool of ideologies and stigmas related to the image of the young and peripheral population. As an analysis allowance, the present research gathers data about the profile of the Brazilian prison system, as well as legislative proposals that aim to increase sentences and retraction of rights aimed at children and adolescents. As a result, it identifies how functional segregation, discrimination, and criminalization of poverty have constituted the core of the extermination and imprisonment of poor, black, and peripheral youth.pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_CriminalizaçãoPobrezaBrasil.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons