Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1269
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSouza, Carina dept_BR
dc.contributor.authorFerreira, Vagner José-
dc.date.accessioned2018-08-22T13:37:27Z-
dc.date.available2018-08-22T13:37:27Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationFERREIRA, Vagner José. A precarização do trabalho em Ouro Preto - MG : desafios para o enfrentamento da classe trabalhadora. 2018. 56 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1269-
dc.description.abstractEsta pesquisa consiste em um Trabalho de Conclusão de Curso, cujo objetivo é abordar as condições de trabalho em Ouro Preto, tendo como recorte o mercado formal, no ano de 2017. Esta é uma pesquisa bibliográfica e documental, tendo em vista que, para sua confecção, foi realizado levantamento bibliográfico de autores que trazem mediações fundamentais para entendermos: as características da fase imperialista do capitalismo; a condição de dependência econômica, política e social da América Latina, em sua dinâmica com o capitalismo internacional com relação aos países de capitalismo central e as características do processo de industrialização brasileiro. Também recorremos a dados históricos que nos permitiram remontar a trajetória sociohistorica de Ouro Preto e à levantamentos estatísticos do Ministério do Trabalho em sua sessão de “Informações para o Sistema Público de Emprego e Renda por município”, que indicam características do mercado de trabalho formal do município. As bibliografias e estatísticas contribuíram para confirmação de nossa hipótese: está em curso a precarização das condições de trabalho em Ouro Preto, desde o chamado processo de “desindustrialização”. Tal precarização está evidente ao nos depararmos com mercado de trabalho formal, no ano de 2017. Para tanto, a metodologia empregada nessa pesquisa é o Materialismo Histórico Dialético de Marx, que estuda o fenômeno fazendo uma regressão até atingir sua essência, sua gênese.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectTrabalho - aspectos sociológicospt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.titleA precarização do trabalho em Ouro Preto - MG : desafios para o enfrentamento da classe trabalhadora.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 23/03/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeSouza, Carina dept_BR
dc.contributor.refereeGomes, Luciana da Conceiçãopt_BR
dc.contributor.refereeLopes, Jussara de Cássia Soarespt_BR
dc.description.abstractenThis research consists of a Course Completion Work, whose objective is to approach the working conditions in Ouro Preto, having as a cut-off the formal market, in the year 2017. This is a bibliographical and documentary research, considering that for its a bibliographical survey was carried out of authors who bring fundamental mediations to understand: the characteristics of the imperialist phase of capitalism; the condition of economic, political and social dependence of Latin America in its dynamics with international capitalism in relation to the countries of central capitalism and the characteristics of the process of Brazilian industrialization. We also used historical data that allowed us to trace the sociohistorical trajectory of Ouro Preto and the statistical surveys of the Ministry of Labor in its session on "Information for the Public System of Employment and Income by Municipality", which indicate characteristics of the formal labor market of County. The bibliographies and statistics contributed to confirm our hypothesis: the precariousness of working conditions in Ouro Preto is under way since the so-called "de-industrialization" process. This precariousness is evident when we come across a formal labor market in 2017. For this, the methodology used in this research is Marx's Historical Materialism Dialectic, which studies the phenomenon by regressing until it reaches its essence, its genesis.pt_BR
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_PrecarizaçãoTrabalhoDesafios.pdf2,17 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons