Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1164
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBarella, César Falcãopt_BR
dc.contributor.authorBraga, Michelle Cristina dos Reis-
dc.date.accessioned2018-07-25T14:43:54Z-
dc.date.available2018-07-25T14:43:54Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationBRAGA, Michelle Cristina dos Reis. Análise locacional integrada a um Sistema de Informações Geográficas como ferramenta para o licenciamento de atividades minerárias no quadrilátero ferrífero. 2018. 111 f. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1164-
dc.description.abstractO Quadrilátero Ferrífero é uma importante província mineral do Estado de Minas Gerais. Além de sua importância econômica, esta região é prioritária para a conservação da biodiversidade pela presença de espécies únicas e ameaçadas de extinção. Neste contexto, surgiu a necessidade de se implementar instrumentos de planejamento e gestão ambiental para garantir que as atividades minerárias se desenvolvam de forma viável. A partir da publicação da DN COPAM 217/2017, critérios locacionais foram explicitamente considerados na triagem de empreendimentos, no âmbito do licenciamento ambiental em Minas Gerais. O mapeamento destes critérios é essencial para a criação de uma base de dados georreferenciados, onde as informações possam ser visualizadas e continuamente atualizadas. Assim, neste estudo, foram compatibilizados dados ambientais, por meio de um Sistema de Informações Geográficas, de modo a se definir as zonas do Quadrilátero Ferrífero mais sensíveis para o estabelecimento de empreendimentos minerários. Foram consideradas as zonas urbanas, as unidades de conservação, as áreas de preservação permanente, os sítios arqueológicos, as cavidades naturais, as áreas prioritárias para conservação e a densidade de barragens nas bacias hidrográficas. Com o uso da técnica AHP (Analytic Hierarchy Process), os dados foram hierarquizados, ponderados e integrados produzindo um modelo de zoneamento específico para o desenvolvimento de atividades minerárias no Quadrilátero. Com a identificação das áreas mais críticas do ponto de vista ambiental, foi feita a sobreposição do índice AHP com os processos minerários em andamento na região. Constatou-se que apenas 5% da área de estudo está livre de processos minerários, em contrapartida, as áreas em fase de concessão de lavra não coincidem com os locais mais críticos identificados. O estudo constatou a importância da análise locacional integrada a um sistema de informações geográficas durante o processo de licenciamento ambiental de um empreendimento minerário.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectMinas e recursos mineraispt_BR
dc.subjectZoneamento - legislaçãopt_BR
dc.titleAnálise locacional integrada a um Sistema de Informações Geográficas como ferramenta para o licenciamento de atividades minerárias no quadrilátero ferrífero.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 01/03/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeBarella, César Falcãopt_BR
dc.contributor.refereeFonseca, Alberto de Freitas Castropt_BR
dc.contributor.refereeSobreira, Frederico Garciapt_BR
dc.description.abstractenThe Quadrilátero Ferrífero is an important mineral province of the State of Minas Gerais. Besides its economic importance, this region is a priority for the conservation of biodiversity, due to the presence of unique and endangered species. In this context, the need arose to implement environmental planning and management tools to ensure that mining activities develop in a viable way. From the publication of DN COPAM 217/2017, locational criteria were explicitly considered in the screening of projects, in the ambit of environmental licensing in Minas Gerais.The mapping of these criteria is essential for the creation of a georeferenced database, where the information can be visualized and continuously updated. Therefore, in this study, environmental data were made compatible, through a Geographic Information System, in order to define the zones of the Quadrilátero Ferrífero more sensitive for the establishment of mining enterprises. Urban areas, conservation areas, permanent preservation areas, archaeological sites, natural cavities, priority areas for conservation and dams density in river basins were considered. With the use of the AHP (Analytic Hierarchy Process) technique, the data were hierarchized, weighted and integrated, producing a specific zoning model for the development of mining activities in the Quadrilátero. With an identification of the most critical areas from the environmental point of view, the AHP index was overlapped with the mining processes underway in the region. It was verified that only 5% of the study area is free of mining processes, in contrast, the areas in concession phase do not coincide with the most critical locations identified. The study noted the importance of integrated locational analysis to a Geographic Information System during the environmental licensing process of a mining enterprise.pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseLocacionalIntegrada..pdf4,31 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons