Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/6106
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMoura, Sandra Aparecida Lima dept_BR
dc.contributor.authorTorres, Iago Ramos-
dc.date.accessioned2023-09-29T12:18:04Z-
dc.date.available2023-09-29T12:18:04Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationTORRES, Iago Ramos. Potencial fitorremediador do alecrim do campo (Baccharis Dracunculifolia) em rejeitos da mineração de ferro no solo do PDER da Samarco. 2023. 76 f. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/6106-
dc.description.abstractA mineração de ferro atualmente é um dos principais propulsores da economia no Brasil. Entretanto, por sua própria característica extrativista, como consequência, promove a degradação e a poluição do solo, gerando um enorme passivo ambiental. De forma a minimizar os impactos dessas atividades ao meio ambiente as empresas mineradoras estão sujeitas há alguns protocolos exigidos pelos órgãos de controle do meio ambiente (PNMA, Lei n° 6.938/1981), que atuam de forma a fiscalizar e modular os impactos gerados sem, contudo, conseguir restaurar a natureza as condições originais. Em resposta a essa exigência, a Samarco mineradora desenvolveu uma proposta para estocagem de rejeitos com a criação do PDER (Pilha de Disposição de estéril e rejeito) onde 80% do rejeito gerado é empilhado a seco no local evitando assim o surgimento de novas barragens. No presente trabalho foram feitas revisões bibliográficas e uma pesquisa de campo para avaliar o potencial fitorremediador do alecrim do campo (Baccharis Dracunculifolia) em rejeitos da mineração de ferro no solo PDER da Samarco. Nossos resultados demonstraram que as amostras de solo do PDER Alegria Sul da Samarco apontam a presença de metais altamente tóxicos, porém em baixas concentrações no local. O local de estudo atende às necessidades nutricionais, às exigências climáticas e às condições geográficas para o desenvolvimento da planta, cuja identificação já foi constatada in loco na área de estudo. A Baccharis Dracunculifolia é capaz, por suas características próprias, de fitorremediar o solo estudado, conforme demonstrado nos dados bibliográficos armazenando os metais pesados estudados e presentes no solo em suas raízes e folhas podendo ainda vir a ser implantada em estudos futuros como estratégia fitomerrediadora e de tecnologia social por meio do estabelecimento da apicultura e do uso da sua resina pelas abelhas para produção de própolis verde em parceria com a população local.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectBiodegradação ambientalpt_BR
dc.subjectMetais pesadospt_BR
dc.subjectPilha de estérilpt_BR
dc.subjectResíduospt_BR
dc.titlePotencial fitorremediador do alecrim do campo (Baccharis Dracunculifolia) em rejeitos da mineração de ferro no solo do PDER da Samarco.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeMoura, Sandra Aparecida Lima dept_BR
dc.contributor.refereeDias, Lívia Cristina Pintopt_BR
dc.contributor.refereeCosta, Camila Stefanne Diaspt_BR
dc.description.abstractenIron mining is currently one of the maus drivers of the economy in Brazil. However, due to its extractive nature, it consequently leads to soil degradation and pollution, resulting in a significant environmental liability. In order to minimize the impacts of these activities on the environment, mining companies are subject to protocols required by environmental regulatory agencies (National Environmental Policy Act, Law No. 6.938/1981), which aim to monitor and regulate the generated impacts, bur often fall short of fully restoring the original natural conditions. In response to these requirements, the mining company Samarco has developed a proposal for waste storage through the creation of the PDER (Sterile and Waste Disposal Pile), where 80% of the generated waste is stacked in dry manner, thus avoiding the creation of new dams. In present study, literature reviewa and field research were conducted to acess the phytoremediation potencial of “alecrim do campo” (Baccharis dracunculifolia) in iron mining waste on the PDER soil of Samarco. Our results demonstrated that soil samples from the PDER Alegria Sul of Samarco show the highly toxic metals, albeit in low concentrations at the site. The study site meet the plant’s nutritional needs, climatic requeriments, and geographical conditions for its development, as its identification has already been confirmed in the study area. Baccharis dracunculifolia, due to its specific characteristics, is capable of phytoremediation the studied soil, as indicated by bibliographic data, by storing heavy metals from te soil in its roots and leaves. Furthemore, it could potentially be implemented in future sutides as a phytoremediation stategy and social technology, estalishing beekeping and the use of its resin by bees for the production of green propolis un partnership witj local population.pt_BR
dc.contributor.authorID17.2.1670pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_PotencialFitorremediadorAlecrim.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.