Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5975
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMelo, Gustavo Henrique Coelho dept_BR
dc.contributor.advisorRibeiro, Brener Otávio Luíspt_BR
dc.contributor.authorLisboa, Ivan Batista-
dc.date.accessioned2023-09-11T13:59:02Z-
dc.date.available2023-09-11T13:59:02Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationLISBOA, Ivan Batista. Caracterização geológica-geofísica do Cinturão Sul do Cobre, Província Carajás (cráton Amazônico): implicações metalogenéticas para os depósitos IOCG Pantera e Pedra Branca. 2023. 65 f. Monografia (Graduação em Engenharia Geológica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5975-
dc.description.abstractA Província Carajás (Cráton Amazônico) é reconhecida por hospedar grandes depósitos de ferro em formações ferríferas bandadas (BIFs) e de cobre do tipo óxido de Fe-Cu-Au (ou iron oxide-copper-gold - IOCG) de classe mundial, constituindo assim algumas das principais reservas minerais do país. Esses depósitos possuem evolução temporal complexa, formados durante múltiplos eventos hidrotermais-mineralizantes. A porção sul do Domínio Carajás, próximo ao limite com o Domínio Rio Maria, representa um importante terreno para depósitos de cobre do tipo IOCG. Os principais depósitos IOCG são representados pela Mina do Sossego e depósitos satélites como Bacuri, Bacaba, Visconde e Alvo 118, que ocorrem ao longo da Zona de Cisalhamento Canaã dos Carajás de direção WNW-ESE. Nesta região ocorrem também os depósitos Pantera e Pedra Branca, que constituem importantes depósitos de cobre da empresa OZ Minerals. Toda essa região, no entanto, ainda precisa ser melhor compreendida quanto ao seu arcabouço lito-estrutural e suas implicações para a metalogênese e prospecção de cobre. Neste cenário, a geofísica de prospecção desempenha um papel fundamental na investigação dos depósitos IOCG, pois é capaz trazer informações quanto as litologias aflorantes e quanto a arquitetura das estruturas geológicas em superfície e subsuperfície. Através dos resultados obtidos por essas análises, foram estabelecidas gerações de lineamentos que corroboram para o entendimento da circulação dos fluidos hidrotermais mineralizantes, responsáveis pelas zonas de alto teor em cobre em Carajás. Adicionalmente, foram caracterizados domínios a partir das assinaturas radiométricas de K, Th, e U, que evidenciaram os halos de alteração hidrotermal ao longo das estruturas subsidiadas pela ZC Canaã dos Carajás e resultaram em um mapa de prospectividade que sugere as regiões com potencial econômico, possibilitando vasta aplicação tanto para indústria, quanto academia.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectGeofísicapt_BR
dc.subjectMetalogeniapt_BR
dc.subjectProspecção mineralpt_BR
dc.titleCaracterização geológica-geofísica do Cinturão Sul do Cobre, Província Carajás (cráton Amazônico) : implicações metalogenéticas para os depósitos IOCG Pantera e Pedra Branca.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeMelo, Gustavo Henrique Coelho dept_BR
dc.contributor.refereeBarbosa, Maria Sílvia Carvalhopt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Marco Antonio Delinardopt_BR
dc.description.abstractenThe Carajás Province (Amazonian Craton) is renowned for hosting large deposits of iron in banded iron formations (BIFs) and world-class iron oxide-copper-gold (IOCG) deposits, thus constituting some of the country's main mineral reserves. These deposits have a complex temporal evolution, formed during multiple hydrothermal-mineralizing events. The southern portion of the Carajás Domain, near the boundary with the Rio Maria Domain, represents an important terrain for IOCG-type copper deposits. The main IOCG deposits are represented by the Sossego Mine and satellite deposits such as Bacuri, Bacaba, Visconde, and Alvo 118, occurring along the WNW-ESE trending Canaã dos Carajás Shear Zone. In this region, the Pantera and Pedra Branca deposits also occur, constituting important copper deposits owned by OZ Minerals. However, the entire region still needs a better understanding of its litho-structural framework and its implications for copper metallogenesis and prospecting. In this context, geophysical prospecting plays a fundamental role in the investigation of IOCG deposits, as it can provide information about outcropping lithologies and the architecture of geological structures on both the surface and subsurface levels. Through the results obtained from these analyses, generations of lineaments have been established that contribute to the understanding of the circulation of mineralizing hydrothermal fluids, responsible for the high-grade copper zones in Carajás. Furthermore, domains have been characterized based on the radiometric signatures of K, Th, and U. These signatures have highlighted hydrothermal alteration halos along the structures supported by the Canaã dos Carajás Shear Zone, culminating in a prospectivity map suggesting regions with economic potential. This allows for wide-ranging applications in both the industry and academia.pt_BR
dc.contributor.authorID16.2.1428pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Geologica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_CaracterizaçãoGeológicaGeofísica.pdf4,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons