Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5448
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendes, Chrystian Soarespt_BR
dc.contributor.authorSoares, Laís Cristine-
dc.date.accessioned2023-04-19T12:08:49Z-
dc.date.available2023-04-19T12:08:49Z-
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.citationSOARES, Laís Cristine. Os efeitos econômicos sofridos pelo mercado de trabalho brasileiro devido à pandemia da Covid - 19, 2023. 45 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Instituto de Ciências Sociais Aplicada, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5448-
dc.description.abstractBuscando reduzir o contágio e mitigar os efeitos da crise sanitária instaurada pela covid – 19, foi estabelecida a quarentena da população, que se trata de um período de isolamento social, o qual levou ao fechamento de empresas não enquadradas em serviços essenciais e com isso a uma queda da atividade econômica. Neste sentido, o objetivo desse estudo é analisar os efeitos que a pandemia causou no mercado de trabalho brasileiro, por meio dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) covid – 19 entre os meses de julho a novembro de 2020. Os principais resultados apontam que o desemprego atingiu em maior parte as mulheres, negras, com grau de escolaridade abaixo do ensino médio e com faixa etária entre 35 e 49 anos. Portanto, tem se que a crise econômica instaurada pela covid – 19 piorou a situação dos grupos vulneráveis, que foram os primeiros a saírem do mercado de trabalho e acabam sendo os últimos a conseguirem um emprego quando a economia começou a se recuperar.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectPandemias - COVID19pt_BR
dc.subjectMercado de Trabalhopt_BR
dc.subjectDesempregopt_BR
dc.subjectDoenças transmissíveispt_BR
dc.titleOs efeitos econômicos sofridos pelo mercado de trabalho brasileiro devido à pandemia da Covid - 19.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeMendes, Chrystian Soarespt_BR
dc.contributor.refereeCosta, Alan André Borges dapt_BR
dc.contributor.refereeBarros, Thiago de Sousapt_BR
dc.description.abstractenSeeking to reduce contagion and mitigate the effects of the health crisis brought about by covid-19, the quarantine of the population was established, which is a period of social isolation, which led to the closure of companies not classified in essential services and with that the a drop in economic activity. In this sense, the The objective of this study is to analyze the effects that the pandemic has had on the Brazilian labor market, using data from the National Household Sample Survey (PNAD) covid-19 between July and November 2020. The main results indicate that the Unemployment mostly affected black women, with less than high school education and aged between 35 and 49 years. Therefore, the economic crisis created by covid-19 has worsened the situation of vulnerable groups, who were the first to leave the labor market and end up being the last to get a job when the economy started to recover.pt_BR
dc.contributor.authorID18.1.3097pt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_EfeitosEconômicosSofridos.pdf589,4 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons