Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5044
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlves, Kerley dos Santospt_BR
dc.contributor.advisorCosta, Raíssa de Keller ept_BR
dc.contributor.authorSantos, Ana Vitória Gomes Loureiro-
dc.date.accessioned2023-01-05T17:54:19Z-
dc.date.available2023-01-05T17:54:19Z-
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.citationSANTOS, Ana Vitória Gomes Loureiro. Acessibilidade nas pousadas de Ouro Preto : reflexões acerca dos atores do turismo e o transtorno do espectro autista (TEA). 2022. 62 f. Monografia (Graduação em Turismo) - Escola de Direito, Turismo e Museologia, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/5044-
dc.description.abstractO trabalho tem como objetivo analisar a relação entre as pousadas de Ouro Preto e o autismo, fazendo uma ligação direta com o turismo. Dessa maneira, foi realizada pesquisa bibliográfica que contempla os conceitos de autismo, turismo, meios de hospedagem, psicopedagogia e acessibilidade. A pesquisa empírica foi realizada por meio de aplicação de questionário com amostra não probabilística em pousadas de Ouro Preto (MG) e entrevistas não estruturadas com pessoas com espectro autista. A análise dos resultados quantitativos e qualitativos foi realizada com o intuito de compreender a situação dos autistas enquanto turistas em uma cidade que tem como uma das principais economias a atividade turística. O texto foi dividido em três capítulos para promover ao leitor uma análise geral com base nos conhecimentos aplicados de forma que seja possível perceber as relações, destacadas nas considerações finais. A pesquisa considera que não há informações ou recursos disponíveis para garantir a acessibilidade de autistas nas pousadas em Ouro Preto. E, ainda, que deve-se planejar e incentivar que haja medidas plausíveis de acessibilidade e adaptabilidade, seja na hora do check-in ou até mesmo durante a hospedagem do autista.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAcessibilidade - Autismopt_BR
dc.subjectTurismopt_BR
dc.subjectAcessibilidadept_BR
dc.subjectOuro Preto - MGpt_BR
dc.titleAcessibilidade nas pousadas de Ouro Preto: reflexões dos atores do turismo e o transtorno do espectro autista (TEA).pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereePaula, Suzana Fernandes dept_BR
dc.contributor.refereeBretas, Eberte Mourapt_BR
dc.contributor.refereeAlves, Kerley dos Santospt_BR
dc.contributor.refereeCosta, Raíssa de Keller ept_BR
dc.description.abstractenThis article aims to analyze the relationship between the pousadas of Ouro Preto and autism, making a direct connection with tourism. In this way, a bibliographic research was carried out that contemplates the concepts of autism, tourism, means of accommodation, psychopedagogy and accessibility. The empirical research was carried out through the application of a questionnaire with a non-probabilistic sample in inns in Ouro Preto (MG) and unstructured interviews with people with autistic spectrum. The analysis of the quantitative and qualitative results was carried out in order to understand the situation of autistics as tourists in a city that has tourism as one of the main economies. The text was divided into three chapters to provide the reader with a general analysis based on applied knowledge so that it is possible to perceive the relationships, highlighted in the final considerations. The research considers that there is no information or resources available to guarantee the accessibility of autistic people in the inns in Ouro Preto. Furthermore, it should be planned and encouraged that there are plausible measures of accessibility and adaptability, whether at check-in or even during the autistic person's stay.pt_BR
dc.contributor.authorID18.1.6102pt_BR
Appears in Collections:Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AcessibilidadePousadasOuro.pdf1,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons