Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/4781
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSantos, Tatiana Barreto dospt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Enilson Resende-
dc.date.accessioned2022-11-11T11:15:35Z-
dc.date.available2022-11-11T11:15:35Z-
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Enilson Resende. Análise de estabilidade probabilística de queda de blocos em galerias subterrâneas da mina Maria Lázara. 2022. 89 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Minas) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/4781-
dc.description.abstractNa geotecnia, durante muito tempo, foram utilizadas as análises determinísticas para determinação da condição de estabilidade de estruturas. Esta análise é simplificada e tem como produto o Fator de Segurança, que não considera a variabilidade intrínseca dos parâmetros do maciço rochoso. Desprezar tais incertezas desses parâmetros pode levar a resultados pouco confiáveis. Desta forma, este trabalho tem o objetivo de realizar análise probabilística de queda de blocos de uma galeria subterrânea de mineração. Para isso, JRC (coeficiente de rugosidade da junta) e as orientações das descontinuidades foram obtidos por mapeamentos geomecânicos na galeria, JCS (resistência à compressão uniaxial) e o ângulo de atrito foram estimados pelo martelo de geólogo e pela alteração das descontinuidades, respectivamente. Além disso, foi realizada retroanálise de uma queda de bloco ocorrida na galeria estudada, para calibração dos valores de JCS e ângulo de atrito. Após determinar os parâmetros, foram definidas as funções de densidade de probabilidade dos parâmetros JRC e orientação das descontinuidades foram realizadas análise determinística e probabilística. A análise determinística apresentou fatores de segurança considerando a galeria estável para os blocos formados no teto e lateral, com FS de 33,186 e 4,146 para cunhas formadas no teto e para cunha formada na lateral FS de 116,260, utilizando contenção secundária. A análise probabilística resultou em probabilidade de quedas de: Bloco 4 (lateral): 70,7%, bloco 8 (teto): 100%, bloco 8 (teto): 99,2%; bloco 5 (lateral): 27,8%, para galeria sem contenção e para galeria com contenção a probabilidade de queda nos blocos do teto foi de 6,4% e 3%. Desta forma, observou-se a aplicabilidade dos métodos probabilísticos para contribuição aos tradicionais métodos determinísticos.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectLavra subterrâneapt_BR
dc.subjectEscavação subterrâneapt_BR
dc.subjectAnálise probabilísticapt_BR
dc.subjectRetroanálisept_BR
dc.titleAnálise de estabilidade probabilística de queda de blocos em galerias subterrâneas da mina Maria Lázara.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeSilva, José Margarida dapt_BR
dc.contributor.refereeMendonça, Guilherme Alzamorapt_BR
dc.contributor.refereeSantos, Tatiana Barreto dospt_BR
dc.description.abstractenIn geotechnics, for a long time, deterministic analyses were used to determine the stability condition of structures. This analysis is simplified and has as its product the Factor of Safety, which does not consider the intrinsic variability of the rock mass parameters. Disregarding such uncertainties of these parameters can lead to unreliable results. Thus, this paper aims to perform probabilistic analysis of falling blocks from an underground mining gallery. For this purpose, JRC (joint roughness coefficient) and the orientations of discontinuities were obtained by geomechanical mapping in the gallery, JCS (uniaxial compressive strength) and friction angle were estimated by geologist's hammer and alteration of discontinuities, respectively. In addition, back analysis of a block fall that occurred in the studied gallery was performed for calibration of JCS and friction angle values. After determining the parameters, probability density functions of the JRC parameters were defined and orientation of the discontinuities were performed deterministic and probabilistic analysis. The deterministic analysis showed safety factors considering the gallery stable for the blocks formed on the roof and side, with FS of 33.186 and 4.146 for wedges formed on the roof and for wedge formed on the side FS of 116.260, using secondary containment. Probabilistic analysis resulted in a probability of falls of: Block 4 (side): 70.7%, Block 8 (roof): 100%, Block 8 (roof): 99.2%; Block 5 (side): 27.8%, for gallery without containment and for gallery with containment the probability of fall in the roof blocks was 6.4% and 3%. This way, the applicability of probabilistic methods was observed as a contribution to traditional deterministic methods.pt_BR
dc.contributor.authorID17.1.1459pt_BR
Appears in Collections:Engenharia de Minas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseEstabilidadeProbabilística.pdf4,98 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons