Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3373
Title: Família e patriarcado : reflexões a partir da formação sócio histórica brasileira.
Authors: Martins, Karine Nogueira
metadata.dc.contributor.advisor: Araújo, Sara Martins de
metadata.dc.contributor.referee: Araújo, Sara Martins de
Tomaz, Cristiane Silva
Souza, Alessandra Ribeiro de
Keywords: Famílias
Feminismo
Mulheres
Patriarcado
Serviço social
Issue Date: 2021
Citation: MARTINS, Karine Nogueira. Família e patriarcado: reflexões a partir da formação sócio histórica brasileira. 2021. 46 f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.
Abstract: O estudo em questão apresenta a evolução histórica do conceito de família baseado no modelo patriarcal desde a sua ascensão à sua desconstrução em decorrência da conquista dos direitos das mulheres, fundamentado no feminismo, fazendo com que o contexto doméstico deixe de ser prioridade e abrindo possibilidades as mesmas ao mercado de trabalho. Trata-se de um tema pouco explorado nos trabalhos até então apresentados no âmbito do serviço social. Tem como principal objetivo elencar a origem da família e do patriarcalismo, bem como, abordar a divisão de tarefas entre homens e mulheres e como o gênero interfere culturalmente até os dias atuais em nossa sociedade. Diante disso, também foi possível desconstruir o pensamento que família possui um padrão ou único viés, ressaltando a importância do profissional do serviço social na resolução de conflitos e qualidade de vida nos diversos tipos de famílias existentes na contemporaneidade. Destaco que essa pesquisa teve seu desenvolvimento em um período marcado pela pandemia e pela minha condição de gestante, fato este que gera um assunto que ainda é extremamente invisível e criticado em nossa sociedade. Esta revisão bibliográfica possibilitou concluir que muitas foram as mudanças ocorridas na vida familiar ao longo do tempo, nos debates de igualdade de gênero, na atuação do assistente social no âmbito plural familiar e no acompanhamento às mesmas que são compreendidas na sua diversidade, colocando para os profissionais o desafio de atuar frente as mais variadas estruturas manifestas na sociedade atual.
metadata.dc.description.abstracten: The study in question presents the historical evolution of the concept of family based on the patriarchal model, from its rise to its deconstruction as a result of the achievement of women's rights, based on feminism, making the domestic context no longer a priority and opening possibilities for them in the labor market. This is a theme little explored in the works presented so far in the field of social service. Its main objective is to describe the origin of the family and of patriarchy, as well as to approach the division of tasks between men and women and how gender interferes culturally until today in our society. Therefore, it was also possible to deconstruct the thought that the family has a standard or a single bias, highlighting the importance of the social service professional in the resolution of conflicts and quality of life in the various types of families existing in the contemporary world. I emphasize that this research had its development in a period marked by the pandemic and by my condition as a pregnant woman, a fact that generates a subject that is still extremely invisible and criticized in our society. This literature review made it possible to conclude that many changes have occurred in family life over time, in the debates about gender equality, in the social worker's work in the plural family environment, and in the follow-up to these families, which are understood in their diversity, posing to professionals the challenge of acting against the most varied structures manifest in today's society.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3373
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_FamíliaPatriarcadoReflexões.pdf829,56 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons