Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3321
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorReis, Érica Linharespt_BR
dc.contributor.advisorVieira, Warleson Cândido dos Santospt_BR
dc.contributor.authorAmorim, Polyana Andrade-
dc.date.accessioned2021-08-31T04:05:28Z-
dc.date.available2021-08-31T04:05:28Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationAMORIM, Polyana Andrade. Desempenho da cal como coagulante em partículas finas de quartzo. 2021. 40 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Minas) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3321-
dc.description.abstractO rejeito de minério de ferro proveniente do beneficiamento a úmido é originado, principalmente, nos processos de deslamagem e concentração. Nessa situação, para maior eficiência na etapa de separação sólido-líquido, a coagulação e a floculação são essenciais na sedimentação de partículas finas presentes nesses rejeitos; porém, o floculante mais utilizado pela indústria mineral, a poliacrilamida, não é eficiente para as partículas finas de quartzo sem a ação preliminar da cal. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho da cal como coagulante com a utilização da poliacrilamida como floculante na sedimentação de partículas finas de quartzo nos valores de pH 8,9 e 10. Os reagentes foram utilizados em dose única, para a cal, foi assumido a dosagem de 30 mg/L e para a poliacrilamida a dosagem de 1 mg/L. Nos testes de agregação foi obtido melhor resultado para quartzo sedimentado (95,5%) com adição de cal e poliacrilamida em pH 10. A utilização apenas da poliacrilamida como agente de agregação apresentou baixo desempenho de sedimentação, não ultrapassando 45%, valor abaixo ao encontrado para os testes em branco. O melhor desempenho quanto a porcentagem de material sedimentado apenas com a utilização da cal ocorreu em pH 10 (77,9%).pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectBeneficiamento de minériopt_BR
dc.subjectMinério de ferropt_BR
dc.subjectÁgua - purificação - coagulaçãopt_BR
dc.subjectÁguas residuais - purificação - floculaçãopt_BR
dc.subjectCalpt_BR
dc.titleDesempenho da cal como coagulante em partículas finas de quartzo.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeReis, Érica Linharespt_BR
dc.contributor.refereeLeite, Aline Mata Chiacchiopt_BR
dc.contributor.refereeMartins, Flávio Luizpt_BR
dc.description.abstractenIron ore tailings from wet processing mainly originate in the desliming and concentration processes. In this situation, for greater efficiency in the solid-liquid separation step, coagulation and flocculation are essential in the sedimentation of fine particles present in these tailings; however, the flocculant most used by the mineral industry, polyacrylamide, is not efficient for fine quartz particles without lime preliminary action. Thus, this work aimed to evaluate the performance of lime as a coagulant using polyacrylamide as a flocculant in the sedimentation of fine quartz particles at pH 8, 9 and 10. For lime, a dosage of 30 mg/L was assumed and for polyacrylamide the dosage of 1 mg/L. The aggregation tests showed that the best result (95,5%) regarding the percentage of sedimented quartz was obtained with lime and polyacrylamide at pH 10. Polyacrylamide showed low sedimentation performance, not exceeding 45%, a value below that was found for the blank tests. The best result for lime experiments was performed with pH 10 (77,9%).pt_BR
dc.contributor.authorID17.2.1556pt_BR
Appears in Collections:Engenharia de Minas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_DesempenhoCalCoagulante.pdf876,65 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons