Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3279
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVale, Clécio Magalhães dopt_BR
dc.contributor.advisorMuniz, Kassandra da Silvapt_BR
dc.contributor.authorFélix, Katisson Aparecido Pedro-
dc.date.accessioned2021-08-18T14:52:22Z-
dc.date.available2021-08-18T14:52:22Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationFÉLIX, Katisson Aparecido Pedro. Territórios negros em Ouro Preto: São Cristóvão bairro afrodiaspórico brasileiro. 2019. 77 f. Monografia (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3279-
dc.description.abstractO presente trabalho aborda o processo de configuração dos Territórios Negros que geraram os núcleos de fixação urbana de ex-escravizados e seus descendentes. Aborda como estudo de caso a cidade de Ouro Preto, e em específico, o Bairro São Cristóvão, configurando as relações sócioespaciais oriundas do ciclo do ouro e a afirmativa de que Ouro Preto não é somente a pérola barroca portuguesa, mas também, "Precioso Ouro Negro ". Os estudos corroboram para a historiografia negra na cidade e as relações étnico-raciais no campo da arquitetura e do urbanismo, configurando o que denominamos territórios negros.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectArquitetura - habitações - aspectos sociaispt_BR
dc.subjectSociologia urbana - bairro São Cristóvão - Ouro Preto - MGpt_BR
dc.subjectNegrospt_BR
dc.subjectComunidades sociais - bairro São Cristóvão - Ouro Preto - MGpt_BR
dc.titleTerritórios negros em Ouro Preto : São Cristóvão bairro afrodiaspórico brasileiro.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeVale, Clécio Magalhães dopt_BR
dc.contributor.refereeAguiar, Tito Flávio Rodrigues dept_BR
dc.contributor.refereeBernis, Frederico Mourão Octaviannipt_BR
dc.description.abstractenThe present work deals with the configuration process of the black territory that generated the fixing formerly enslaved urban cores and their descendants. Covers as a case study to the city of Ouro preto, and specifically the neighborhood Saint Kitts. Configuring the socio- spatial relations arising out of the gold cycle and the affirmative that Ouro preto is not only the Portuguese but also Baroque Pearl, "Precious black gold ", statistically black city. The studies corroborate to the black historiography in the city and ethnic-racial relations in the field of architecture and urbanism.pt_BR
dc.contributor.authorID12.1.1995pt_BR
Appears in Collections:Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_TerritóriosNegrosOuro.pdf3,76 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons