Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3002
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGonçalves, Leonardo Eustáquio da Silvapt_BR
dc.contributor.advisorBarbosa, Maria Sílvia Carvalhopt_BR
dc.contributor.authorMendonça, Gustavo Oliveira de-
dc.date.accessioned2021-04-27T22:09:28Z-
dc.date.available2021-04-27T22:09:28Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationMENDONÇA, Gustavo Oliveira de. Integração geológica-geofísica na região do Cinturão Mineiro, borda sul do Cráton São Francisco. 2021. 84 f. Monografia (Graduação em Engenharia Geológica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3002-
dc.description.abstractO Cinturão Mineiro é um importante terreno localizado na borda sul do Cráton São Francisco e que se diferencia das regiões em seu entorno por apresentar rochas granitoides e sequências metavulcanossedimentares Paleoproterozoicas. Tais corpos são balizados por três grandes zonas de cisalhamentos, sendo duas que possuem trend preferencial NE-SW – zona de cisalhamento Jeceaba-Bom Sucesso (ZCJBS) e Lenheiros (ZCL) – e uma que apresenta direção preferencial NW-SE – zona de cisalhamento Congonhas-Itaverava (ZCI). Sabendo da importância da geofísica como ferramenta auxiliar em estudos geológicos e também da dificuldade em se obter informações destes terrenos antigos e por muito intemperizados, o presente trabalho teve por objetivo realizar integração entre dados geofísicos e geológicos com intuito de contribuir com avanços no entendimento desta região ainda carente de algumas peças-chave. Desta forma, mapas gravimétricos, magnetométricos, radiométricos foram utilizados em conjunto com o mapa geológico regional simplificado para extrair informações e características relevantes da região de estudo para possibilitar a subdivisão da área em domínios geológico-geofísico-estruturais. Portanto, quatro subdomínios foram estabelecidos, a saber: o domínio noroeste, dominado por rochas Arqueanas com elevada assinatura radiométrica e que apresentam foliação regional na direção NE-SW. O domínio central, que abriga os granitoides e sequências metavulvanossedimentares Paleoproterozoicas, onde as respostas gravimétricas em grande parte condizem com a composição das rochas, sendo que os granitoides geralmente apresentam baixos gravimétricos e as máficas/ultramáficas das sequências representam os altos. O padrão estrutural mostra uma mudança de direção entre as porções meridional e setentrional, variando a foliação regional entre NE-SW, E-W e NW-SE, bem como os lineamentos magnéticos secundários que acompanham tal inflexão ao se propagarem para nor-nordeste. O domínio sudeste que engloba em grande parte rochas Mesoproterozoicas, tendo como características marcantes o enriquecimento em Potássio e a influência da ZCL na direção da foliação regional NE-SW. Os lineamentos magnéticos também exibem direção preferencial NE-SW, porém com direção E-W subordinada. Por fim, o domínio nordeste que possui complexos metamórficos Arqueanos e sequências metavulcanossedimentares de mesma idade. As respostas radiométricas exibem baixos valores em relação aos outros domínios. A foliação regional possui direção preferencial NW-SE com mergulhos variando entre NE e SW. Os lineamentos magnéticos também exibem o mesmo trend preferencial. Além dos métodos geofísicos convencionais de análise, a deconvolução de Euler auxiliou na estimativa de profundidade das fontes magnéticas da região – com maior interesse nas ZCs. A partir desta análise, foi possível estimar que a ZCJBS e ZCL possuem respostas mais rasas das suas fontes, com profundidades máximas de 750 m. A ZCI, por sua vez, apresenta respostas máximas de até 1300 m. Portanto, mais uma vez, a geofísica se mostra como uma valiosa ferramenta em estudos geológicos objetivando a construção de modelos e domínios.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectGeofísicapt_BR
dc.subjectGeotectônicapt_BR
dc.subjectGravimetriapt_BR
dc.subjectMagnetometriapt_BR
dc.subjectDeconvolução de Eulerpt_BR
dc.titleIntegração geológica-geofísica na região do Cinturão Mineiro, borda sul do Cráton São Francisco.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeGonçalves, Leonardo Eustáquio da Silvapt_BR
dc.contributor.refereeSouza, Maria Eugênia Silva dept_BR
dc.contributor.refereeSilva, Joney Justo dapt_BR
dc.contributor.authorID14.2.1164pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Geologica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_IntegracaoGeologicaGeofisica.pdf7,9 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons