Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2855
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDuarte, Hélida Mara Gomes Noratopt_BR
dc.contributor.authorMiranda, Marina Milagres Santos-
dc.date.accessioned2021-01-13T21:43:50Z-
dc.date.available2021-01-13T21:43:50Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.citationMIRANDA, Marina Milagres Santos. Análise da aderência do modelo Business Model Canvas - BMC em startups de aplicativos móveis. 2020. 30 f. Monografia (Graduação em Administração) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto. Ouro Preto, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2855-
dc.description.abstractNo cenário atual, em que a tecnologia e inovação se fazem cada vez mais presentes, o mercado tem vivenciado um fenômeno progressivo que são as startups, empresas que representam novas configurações organizacionais. A manifestação desse fenômeno fez surgir uma crescente demanda por modelos e ferramentas de gestão apropriados ao contexto de startups e, consequentemente por estudos para analisar sua adequabilidade. Dentre os modelos desenvolvidos com propósito de responder a dinâmica do contexto de startups, o modelo de negócios Business Model Canvas (BMC) mostra-se como uma alternativa, devido a sua fácil aplicabilidade e natureza intuitiva. Entretanto, existem poucos estudos que exploram a aplicabilidade do BMC no contexto de startup. Diante desta lacuna, definiu-se como objetivo de pesquisa analisar o nível de aderência aos componentes do modelo BMC como ferramenta de gestão para as startups desenvolvedoras de aplicativos móveis (App) sediadas no estado de Minas Gerais. Para contemplar esse objetivo, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa e descritiva, cuja estratégia central para a condução do estudo de campo foi a realização de um conjunto de entrevistas semiestruturadas. Através dos dados coletados em seis startups de App, observa-se que dos nove componentes do modelo BMC, cinco deles, foram aplicados por todos os entrevistados. A análise de aderência do modelo BMC indicou ainda uma estreita ligação de seis dos nove componentes do modelo com as práticas de gestão adotadas por parte startups de App. Portanto, o modelo BMC revela-se aderente ao contexto de startups analisado e confirma-se uma ferramenta de gestão inteligível de aplicação intuitiva.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectAplicativos móveispt_BR
dc.subjectCanvas - programa de computadorpt_BR
dc.subjectEmpresaspt_BR
dc.subjectNegócios - programas de computadorpt_BR
dc.titleAnálise da aderência do modelo business model canvas - BMC em startups de aplicativos móveis.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeDuarte, Hélida Mara Gomes Noratopt_BR
dc.contributor.refereePessoa, Deborah Kelly Nascimentopt_BR
dc.contributor.refereeRocha, Simone Aparecida Simõespt_BR
dc.description.abstractenNowadays, in which technology and innovation are increasingly present, the market has experienced growing developments, which are the startups, businesses that represent new organizational configurations. The manifestation of this occurrence led to a growing demand for models and management tools; appropriate to the startup context, and consequently, for studies to analyze its suitability. Among the models developed with the goal of the response to the dynamics of the startup context, the Business Model Canvas (BMC) is an option, due to its easy applicability and intuitive design. However, few studies explore the applicability of BMC in the context of startups. Due to this gap, the research objective was to analyze the adherence level to the components of the BMC as a management tool for startups that develop mobile apps, based in the Minas Gerais. Qualitative and descriptive research was developed. The execution strategy of the field study was to conduct a set of semi-structured interviews. Over the analyzed data, in six startups it is observed that among the nine components of the BMC, five were applied by all interviewed. The adherence analysis of the BMC also indicated a close connection of the six among the nine BMC components with the management practices adopted by startups analyzed. Therefore, the BMC adheres to the context of startups verified, and a management tool is confirmed intelligible and intuitive application.pt_BR
dc.contributor.authorID15.1.3227pt_BR
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseAderênciaModelo.pdf998,94 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons