Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2337
Title: O quadro “O Brasil que eu quero”, da Rede Globo : um estudo acerca do Brasil e do neoliberalismo.
Authors: Silva, Samuel Henrique Senra Campos
metadata.dc.contributor.advisor: Rodrigues, Hila Bernadete Silva
metadata.dc.contributor.referee: Rodrigues, Hila Bernadete Silva
Pinto, Carlos Fernando Jáuregui
Laia, Evandro José Medeiros
Keywords: Jornalismo
Mídia - publicidade
Neoliberalismo
Rede Globo de Televisão
Issue Date: 2019
Citation: SILVA, Samuel Henrique Senra Campos. O quadro “O Brasil que eu quero”, da Rede Globo: um estudo acerca do Brasil e do neoliberalismo. 2019. 84 f. Monografia (Graduação em Jornalismo) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2019.
Abstract: O quadro “O Brasil que eu quero”, exibido pela Rede Globo no ano de 2018 em seus telejornais, é um dos temas centrais deste trabalho. Através do método de “frame analysis”, de Erving Goffman, foram analisadas as trocas simbólicas presentes nessa atração interativa da Globo, como os discursos dos telespectadores participantes do quadro e sua produção (performance dos apresentadores e estruturação do quadro interativo). Analisou-se também as características desse produto proposto pela emissora, em relação às suas especificidades (inovações) e suas similaridades quanto às inserções tradicionais do público nos telejornais. Para compreender melhor os anseios e desejos dos brasileiros nessa atração, que em grande parte se referia a um país com menos corrupção e um Estado mais eficiente, foi retomado um contexto histórico acerca da formação estrutural da sociedade brasileira, tratando da personalidade do brasileiro, supostamente possuidora de um senso de moralidade frouxa e inapta para a administração do patrimônio público nacional. Esta concepção, um tanto quanto imprecisa, segundo Jessé Souza, é comumente reproduzida nas esferas públicas e no consenso popular brasileiro. Pois ignora, por exemplo, que o processo marcante na estruturação da sociedade brasileira é, sobretudo, a escravidão, propiciadora de uma sociedade autoritária, patriarcal e desigual. Paralelamente a isso, foi realizado um estudo sobre a hipótese de uma narrativa predominantemente neoliberal nos noticiários econômicos brasileiros, e como, de certa forma, ela influenciaria a opinião popular do cidadão no dia a dia. A doutrina neoliberal apregoa justamente a substituição do Estado (tido no Brasil por ineficiente e corrupto) pela iniciativa privada e individual na condução das relações socioeconômicas do país. Porém, como se busca refletir neste estudo, acaba existindo com isso uma tendência à negação da política, dos valores democráticos e do Estado de Direito. Isso ocorre em decorrência de supostas soluções para os problemas estruturais da sociedade brasileira, incitando e potencializando uma competição extrema entre indivíduos, característica marcante na cultura neoliberal. Através deste estudo, chegou-se à conclusão que a inserção do telespectador nos telejornais, proposta pela Rede Globo através do quadro “O Brasil que eu quero”, apesar de conter inovações referentes à utilização de dispositivos como os smartphones, em outros aspectos se assemelha ainda às inserções tradicionais, geralmente com participações curtas e sem aprofundamento nos temas dos discursos. Além disso, constatou-se a influência narrativa de determinadas correntes de pensamentos, defensoras da ideia de que o brasileiro apresenta um caráter duvidoso para a administração do Estado nacional e que, por conta disso, é ineficiente, corroborando com o pensamento neoliberal, difundido pela grande mídia.
metadata.dc.description.abstracten: The TV attraction "O Brasil que eu quero", aired by Rede Globo in 2018 in its newscasts, is one of the central themes of this work. Through Erving Goffman's "frame analysis" method, the symbolic exchanges present in Globo's interactive attraction were analyzed, such as speeches by viewers participating in the TV attraction and its production (performance of the presenters and structure of the attraction). It was also analyzed the characteristics of this interactive product proposed by the broadcaster, regarding its specificities (innovations) and its similarities with the traditional insertions of the public in the news. To better understand the aspirations and desires of Brazilians in the attraction, which largely referred to a country with less corruption and a more efficient state, a historical context about the structural formation of Brazilian society was resumed, dealing with the personality of the Brazilian, supposedly possessing a loose and inept sense of morality to manage the national public patrimony. This conception, which is somewhat inaccurate, according to Jessé Souza, is commonly reproduced in public spheres and in the Brazilian popular consensus. For it is ignored, for example, that the striking process in structuring the Brazilian society is, above all, slavery, which provided an authoritarian, unequal and patriarchal society. In parallel to this, a study was conducted on the influence of neoliberalism on Brazilian economic news, and how this, in a way, influences the popular opinion of the citizen in everyday life. The neoliberal doctrine rightly proclaims the substitution of the State – considered in Brazil to be inefficient and corrupt – by private and individual initiative in the conduct of the country's socioeconomic relations. However, as shown in this study, there is a narrative tendency to the negation of politics, democratic values and the rule of law due to supposed solutions to the structural problems of Brazilian society, further enhanced by an incitement to extreme competition between individuals, which is a remarkable characteristic in neoliberal culture. Through this study, it was concluded that the insertion of the viewer in television news, proposed by Rede Globo through the framework “O Brasil que eu quero”, despite containing innovations regarding the use of devices such as smartphones, in other aspects it still resembles the traditional insertions, which are generally short participations and without deepening the speeches. Moreover, there was a narrative influence of prevailing thought currents, which proclaim that the Brazilian has a doubtful character to lead the national state and, because of that, is inefficient, corroborating the neoliberal thought, so widespread by the mainstream media.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2337
Appears in Collections:Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_QuadroBrasilQuero.pdf942,72 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons