Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2137
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFaria, Geraldo Lúcio dept_BR
dc.contributor.advisorMagalhães, Charles Henrique Xavier Moraispt_BR
dc.contributor.authorCampos, Pablo Henrique Kelly-
dc.date.accessioned2019-11-20T12:07:53Z-
dc.date.available2019-11-20T12:07:53Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationCAMPOS, Pablo Henrique Kelly. Efeito de tratamentos térmicos do tipo step quenching na microestrutura e microdureza de um aço TRIP 780. 2019. 36 f. Monografia (Graduação em Engenharia Metalúrgica) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/2137-
dc.description.abstractA indústria automobilística possui grande interesse no desenvolvimento de ligas metálicas com boa relação de resistência mecânica a tração e ductilidade, para fabricação de veículos com chapas de menor espessura e consequente redução de peso, sempre considerando a segurança dos seus ocupantes. Sendo assim, ao longo dos anos, aumentou-se a necessidade de ligas metálicas com propriedades que forneçam desempenho satisfatório para essas aplicações, com isso, há a necessidade de desenvolvimento de novos processos para obtenção dessas propriedades. O tratamento térmico do tipo Step Quenching (SQ) surge como possibilidade que visa a obtenção de uma microestrutura complexa e refinada que seja capaz de promover alta resistência mecânica e boa tenacidade. No presente estudo, o aço TRIP 780, que possui teores de silício e de manganês relativamente elevados, facilitando o controle das transformações difusionais, foi avaliado para verificar a possibilidade de aplicação do tratamento térmico do tipo Step Quenching visando a obtenção de microestruturas ferrita-martensita. O diagrama de transformação de fases sob resfriamento contínuo (TRC), deste aço, foi obtido por meio da técnica de dilatometria para se conhecer as fases presentes e caracterizar a cinética das transformações. Com o conhecimento adquirido nessa etapa, rotas de SQ foram propostas. Após a execução das rotas de SQ propostas, avaliações microestruturais foram feitas utilizando-se o recurso de microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura para analisar as fases presentes. A cinética, relativamente lenta, de decomposição da austenita em ferrita em altas temperaturas pôde ser observada para o aço em questão. Observou-se que a formação significativa de ferrita acontece, de forma viável, apenas para um grau mínimo de superresfriamento, sendo esse a força motriz para a transformação. A evolução temporal da fração de fase ferrítica e do fator de amaciamento foram ajustados utilizando-se o modelo de Johnson-Mehl-Avrami-Kolmogorov (JMAK) para a temperatura de transformação de 700°C e parâmetros cinéticos foram experimentalmente determinados para o aço TRIP 780.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectTratamento térmicopt_BR
dc.subjectAço TRIP 780pt_BR
dc.subjectTransformação de fasespt_BR
dc.titleEfeito de tratamentos térmicos do tipo Step Quenching na microestrutura e microdureza de um aço TRIP 780.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.contributor.refereeFaria, Geraldo Lúcio dept_BR
dc.contributor.refereeMagalhães, Charles Henrique Xavier Moraispt_BR
dc.contributor.refereeGodefroid, Leonardo Barbosapt_BR
dc.description.abstractenThe automobile industry has great interest in the development of metal alloys with good mechanical yield strength and ductility, for the manufacture of vehicles with thinner sheet and consequent reduction of weight, always considering the safety of its occupants. Thus, over the years, the need for metallic alloys with properties that provide satisfactory performance for these applications has increased, with that, it is necessary to develop new processes to obtain these properties. The heat treatment of the Step Quenching (SQ) type emerges as a possibility that aims at obtaining a complex and refined microstructure that is capable of promoting high mechanical strength and good toughness. In the present study, the TRIP 780 steel, which has relatively high silicon and manganese contents, facilitating the control of the diffusion transformations, was evaluated the possibility of applying the Step Quenching type thermal treatment in order to obtain microstructures ferrite-martensite. The continuous cooling transformation (TRC) diagram of this steel was obtained through the dilatometry technique to know the phases present and to characterize the kinetics of the transformations. With the knowledge acquired in this stage, SQ routes were proposed. After the execution of the proposed SQ routes, microstructural evaluations were made using the optical microscopy and scanning electron microscope to analyze the present phases. The relatively slow kinetic decomposition of austenite into ferrite at high temperatures could be observed for the steel in question. It was observed that the significant formation of ferrite happens, in a viable way, only for a minimum degree of supercooling, being the driving force for the transformation. The time evolution of the ferritic phase fraction and the softening factor were adjusted using the Johnson-Mehl-Avrami-Kolmogorov (JMAK) model for the transformation temperature of 700°C and kinetic parameters were experimentally determined for TRIP 780 steel.pt_BR
dc.contributor.authorID16.1.5897pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Metalúrgica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_EfeitoTratamentosTérmicos.pdf2,77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.