Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1563
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFreitas, Marcílio Sousa de Rochapt_BR
dc.contributor.advisorMapa, Danilo Luiz Santanapt_BR
dc.contributor.authorLima, Augusto Franco-
dc.date.accessioned2018-12-21T18:18:27Z-
dc.date.available2018-12-21T18:18:27Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationLIMA, Augusto Franco. Análise inelástica de segunda ordem de estruturas planas de aço via software Mastan2. 2018. 65 f. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1563-
dc.description.abstractProjetos estruturais devem ser realizados de forma que a obra final seja a mais econômica e segura possível. O método mais utilizado nas normas de dimensionamento de estruturas é o Método dos Estados Limites que compara os esforços solicitantes que atuam na estrutura com os esforços resistentes. Os esforços solicitantes são obtidos através de combinações de cargas e análises estruturais que podem ser do tipo linear ou não linear, sendo a primeira uma análise simplificada e a segunda uma análise avançada que representa de forma mais precisa o comportamento real da estrutura. A fim de avaliar a segurança estrutural de oito estruturas planas de aço, foram realizadas análises inelásticas de segunda ordem através do software Mastan2. Cinco dessas estruturas possuíam respostas não lineares na literatura e foi possível confirmar que o programa computacional utilizado apresenta bons resultados. As demais estruturas possuíam resultados através de análises lineares elásticas e foi possível comparar a análise linear com a não linear, constatando que os esforços internos obtidos através da análise mais avançada não apresentaram mudanças significativas devido a baixa deslocabilidade dos pórticos, mas que as estruturas passam a possuir certa folga em relação ao colapso devido a não-linearidade do aço.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectEstruturas de açopt_BR
dc.subjectMétodo dos estados limitespt_BR
dc.subjectAnálise estruturalpt_BR
dc.subjectAnálise não-linearpt_BR
dc.titleAnálise inelástica de segunda ordem de estruturas planas de aço via software Mastan2.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 21/12/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeFreitas, Marcílio Sousa de Rochapt_BR
dc.contributor.refereeMapa, Danilo Luiz Santanapt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Andréa Regina Dias dapt_BR
dc.description.abstractenStructural designs must be done in such a way that the final structure would be as economical and safe as possible. The most used method in design code is the Limite State Method that compares the required strength in the structure with the design strength. Required strengths are determined by loads combinations and structural analysis that may be of the linear or non-linear type, the former being a simplified analysis and the latter an advanced analysis which more accurately represents the actual behavior of the structure. In order to evaluate the structural safety of eight steel structures, inelastic second order analyzes were performed using the Mastan2 software. Five of these structures had nonlinear responses in the literature and it was possible to confirm that the computational program used has good results. The other structures had results by linear elastic analysis and it was possible to compare linear and nonlinear analyses, noting that the internal efforts obtained by the most advanced analysis did not present significant changes due to the low displacements of the frames, but they have some clearance in relation to collapse due to non-linearity of steel.pt_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_AnáliseInelásticaSegunda.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons