Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1228
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMaranhão, Carolina Machado Saraiva de Albuquerquept_BR
dc.contributor.authorTeixeira, Jamila Piovezana-
dc.date.accessioned2018-08-06T15:18:41Z-
dc.date.available2018-08-06T15:18:41Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationTEIXEIRA, Jamila Piovezana. A rememoração do passado como via política para o esclarecimento. 2018. 28 f. Monografia (Graduação em Administração) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1228-
dc.description.abstractEm 1960 Theodor Adorno escreveu um livro intitulado “Educação e Emancipação” que tinha como objetivo criticar a racionalidade instrumental através da compreensão do mundo reduzida a objetos manipuláveis. Como parte dessa crítica o autor desenvolveu um texto com título de “O que significa elaborar o passado”, em que analisa a construção da memória. O diálogo no mesmo acontece sob a ótica da Segunda Guerra Mundial: o autor discute até que ponto a barbárie permanece após o crime. Através da análise da barbárie ocorrida naquela época, sob a perspectiva do esclarecimento, este trabalho se propõe a realizar uma análise teórica sobre a relevância da elaboração do passado.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectMemória - aspectos sociaispt_BR
dc.subjectCultura organizacionalpt_BR
dc.titleA rememoração do passado como via política para o esclarecimento.pt_BR
dc.typeTCC-Graduaçãopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo(a) autor(a) em 03/08/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeRezende, Ana Fláviapt_BR
dc.contributor.refereeFerreira, Pâmella Thais Magalhãespt_BR
dc.contributor.refereeMaranhão, Carolina Machado Saraiva de Albuquerquept_BR
dc.description.abstractenIn 1960 Theodor Adorno wrote a book entitled "Education and Emancipation" which aimed to criticize instrumental rationality through understanding the world reduced to manipulatives. As part of this critique the author has developed a text entitled "What it means to elaborate the past", in which it analyzes the construction of memory. Dialogue in the same happens from the perspective of World War II: the author discusses the extent to which barbarism remains after the crime. Through the analysis of the barbarity that occurred at that time, from the perspective of clarification, this work proposes to carry out a theoretical analysis on the relevance of the elaboration of the past.pt_BR
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_RememoraçãoPassadoPolítica.pdf745,82 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons