Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1218
Title: A desconstrução dos mitos sobre a mulher negra : um olhar sobre Elza Soares, Tássia Reis e Mc Soffia.
Authors: Souza, Francielle Neves
metadata.dc.contributor.advisor: Coração, Cláudio Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee: Coração, Cláudio Rodrigues
Rodrigues, Hila Bernadete Silva
Muniz, Kassandra da Silva
Aquino, Talita Iasmin Soares
Keywords: Afeto - psicologia
Música popular
Mercado musical
Issue Date: 2018
Citation: SOUZA, Francielle Neves de. A desconstrução dos mitos sobre a mulher negra : um olhar sobre Elza Soares, Tássia Reis e Mc Soffia. 2018. 58f. Monografia (Graduação em Jornalismo) - Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Abstract: Com o aporte teórico de estudos feministas e raciais, este trabalho busca apreender o espírito de três canções interpretadas por mulheres negras: "Mulher do fim do mundo", por Elza Soares; "Se avexe não", por Tássia Reis e "Menina Pretinha", por Mc Soffia. A partir das canções em análise, discute-se, por meio da chave dos afetos, a substituição de estereótipos atribuídos externamente às mulheres negras por imagens autênticas da identidade feminina negra, que tanto faz ruir mitos sobre a feminilidade quanto raciais. Para chegar a essa problemática, são levadas em conta questões acerca da representação histórica desse grupo identitário na música popular brasileira, de identidade e diferença no panorama nacional e dos sofrimentos subjetivos causados pelo racismo. Assim, o percurso se encaminha e se encerra evidenciando as narrativas que as artistas traçam em suas trajetórias e o que elas, a partir da experiência individual, projetam para o coletivo de mulheres negras.
metadata.dc.description.abstracten: From the theoretical contribution of feminist and race studies, this work seeks to capture the spirit of three songs interpreted by Brazilian female black artists: “Mulher do fim do mundo”, by Elza Soares; “Se avexe não”, by Tássia Reis; and “Menina Pretinha”, by Mc Soffia. Through analysing the songs, with focus on the affections, the work discusses the substitution of stereotypes attributed externally to black women by authentic images of black feminine identity, which collapse myths about both femininity and race. In order to address these issues, questions about the historical representation of this identity group in Brazilian Popular Music, about identity and difference in the national panorama, and about the subjective sufferings caused by racism are taken into account. In this sense, the discussions are made trying to highlight the narratives that these artists build in their trajectories, and what they, from their individual experiences, get to project to the collectivity of black women.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1218
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida à Biblioteca Digital de TCC’s da UFOP pelo (a) autor (a) em 31/07/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_DesconstruçãoMitosMulher.pdf922,59 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons