Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/78
Título: Análise comparativa da coordenação motora de escolares do ensino fundamental : influência de programas interventivos.
Autor(es): Fernandes, Swand de Paula
Orientador(es): Silva, Siomara Aparecida da
Palavras-chave: Ensino fundamental
Educação física
Programas interventivos
Coordenação motora
Data do documento: 2015
Referência: FERNANDES, Swand de Paula. Análise comparativa da coordenação motora de escolares do ensino fundamental : influência de programas interventivos. 2015. 25f. Monografia (Graduação em Educação Física) - Centro Desportivo da Universidade Federal de Ouro Preto, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.
Resumo: O desenvolvimento da criança é um processo contínuo, dinâmico e não linear, no qual o movimento configura uma das necessidades vitais do ser humano. Este estudo quase-experimental teve por objetivo analisar a magnitude da mudança no nível coordenativo de 43 escolares convenientemente selecionados, regularmente matriculados no 1º ano do Ensino Fundamental de uma escola da rede municipal de ensino da cidade de Ouro Preto – MG, com idade entre 6 e 7 anos (6,63±0,489), de ambos os sexos, suscetíveis a dois distintos programas interventivos de atividades físicas, compondo o seguinte delineamento de grupos de amostragem: grupo experimental (GE) e grupo controle (GC). Para avaliar a coordenação motora dos escolares utilizou-se o Körperkoordinationstest Test Für Kinder (KTK), sendo este constituído por quatro tarefas: Trave de Equilíbrio (TE), Salto Monopedal (SM), Salto Lateral (SL) e Transferência sobre Plataformas (TP). Os dados foram submetidos à análise estatística através do software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®) versão 20.0, aplicando-se os testes de normalidade e t – student (para amostras independentes e para amostras pareadas), com procedimentos descritivos de média e desvio-padrão e nível de significância de p ≤ 0,05. Os resultados indicaram que, mesmo quando não encontradas diferenças estatisticamente significativas entre as variáveis estabelecidas, os meninos obtiveram escores médios superiores aos das meninas na maioria das tarefas, e, houve um decréscimo nos níveis de coordenação em escolares com idade mais avançada. Além disso, constatou-se que os escolares do GE, participantes do programa interventivo com atividades físicas sistematizadas com o tema Atletismo, obtiveram índices mais elevados que os escolares do GC, participantes do programa interventivo com atividades corpóreas das aulas habituais de Educação Física, em todas as tarefas e que, distinto pelos momentos (pré-teste e pós-teste), o GE, denotou diferença significativa nas tarefas TE, SM, SL e TP, ao passo que o GC denotou diferença significativa apenas na tarefa TE. Ademais, constatou-se que os desvios padrões diminuíram, sobretudo no GE, sendo a única exceção a tarefa SL no GC, caracterizando assim que, ao final do programa interventivo, as turmas ficaram mais homogêneas. ________________________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The development of the child is an ongoing, dynamic and non-linear process, in which the movement constitutes a vital human needs. This quasi-experimental study aimed to analyze the magnitude of change in the coordinative level 43 students conveniently selected, enrolled in 1st year of Fundamental Education of a school in the municipal city teaching of Ouro Preto - MG, aged 6 and 7 years (6.63 ± 0.489), of both sexes, susceptible to two different intervention programs of physical activity, comprising the following sample groups: experimental group (GE) and control group (GC). To assess the coordination motor of students was used the Körperkoordinationstest Test Für Kinder (KTK), which is composed of four tasks: Girder Balance (TE), Monopedal Jump (SM), Side Jump (SL) and Transfer of platforms (TP). Data were statistically analyzed using the software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®) version 20.0, applying-if the normality tests e t – student (for independent samples and paired samples), with procedures overviews of average and standard deviation and significance level of p ≤ 0.05. The results indicated that even when no statistically significant differences between the variables established, the boys got average scores higher than girls in most tasks, and there was a decrease in the levels of coordination in children with older age. In addition, it was found that students from GE, participants in the intervention program with systematic physical activities with the theme Athletics, had higher rates than students from GC, participants in the intervention program with bodily activities from the usual physical education classes, in all tasks and that, unlike the moments (pre-test and post-test), the GE, denoted significant difference in tasks TE, SM, SL and TP, while the GC denoted significant difference only in the task TE. Moreover, it was found that the standard deviations decreased, particularly in GE, the only exception to task SL in GC, characterizing that at the end of the interventional program, the classes were more homogeneous.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/78
Licença: Autorização concedida à Biblioteca Digital de TCC da UFOP pelo autor, 06/07/2015, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:Educação Fisíca - Licenciatura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA_AnáliseComparativaCoordenação.pdf1,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons