Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/69
Título: Perfil leucocitário de um grupo de mulheres submetidas a três diferentes protocolos de exercício de força.
Autor(es): Pena, Gustavo Eleutério
Orientador(es): Pinto, Kelerson Mauro de Castro
Palavras-chave: Exercícios
Inflamação
Força
Data do documento: 2014
Referência: PENA, Gustavo Eleutério. Perfil leucocitário de um grupo de mulheres submetidas a três diferentes protocolos de exercício de força. 2014. 19f. Monografia (Educação Física – Bacharelado)-Centro Desportivo da Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Resumo: Ações musculares concêntricas e excêntricas, e as respostas inflamatórias agudas exercem papel importante para adaptação muscular ao exercício de força. O objetivo deste estudo foi investigar o perfil leucocitário de um grupo de mulheres submetidas a três diferentes protocolos de exercícios de força. Trinta e seis voluntárias foram divididas em três grupos. Grupo de treinamento com 5 segundos de ação muscular concêntrica e 1 segundo de ação muscular excêntrica (5:1); grupo com 3 segundos de ação concêntrica e 3 segundos de ação excêntrica (3:3); e grupo com 1 segundo de ação concêntrica e 5 segundos de ação excêntrica. Foi adotado o exercício extensor de joelhos sentado, volume de 3 séries de 6 repetições, com carga de 60% de 1RM, duração total de cada repetição de 6 segundos, e intervalo entre séries de 180 segundos. A quantificação de leucócitos foi realizada em esfregaço sanguíneo, previamente e posteriormente a cada sessão de exercícios. Não houve alterações quantitativas em neutrófilos, linfócitos, monócitos, basófilos ou eosinófilos nos três grupos. Para as normativas de treinamento e metodologia de análise utilizadas neste estudo, o exercício de força não produz alterações quantitativas nos leucócitos, independente da duração das ações musculares. ________________________________________________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Muscle concentric and eccentric actions, and acute inflammatory responses play an important role to muscle adaptation after strength exercise. The aim of this study was to investigate changes in leukocyte profile of women after three different protocols of exercise. Thirty six healthy female individuals were separated into three groups, randomly. Group # 1 executed a one session exercise protocol in which concentric actions were prioritized, Group # 2 executed a one session exercise protocol with no distinction between concentric or eccentric action priority, and Group # 3 executed a one session exercise protocol in which eccentric actions were prioritized. Sitting leg extension exercise was chosen, with an individual load of 60% 1RM, divided in 3 sets of 6 repetitions, each repetition lasting 6 seconds, and 180 seconds of rest interval between sets. Leukocyte were quantified before and after each session of exercises. No quantifying changes were observed on neutrophils, limphocytes, monocytes, basophils or eosinophils in any of the three groups. Strength exercise does not produce any changes on leukocyte profile after training prescriptions and methods applied for this study.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/69
Licença: Autorização concedida à Biblioteca de TCC da UFOP pelo autor(a), 02/12/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:Educação Física - Bacharelado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA_Perfilleucocitáriogrupo.pdf1,17 MBUnknownVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons