Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/451
Título: Análise da influência antrópica sobre a vegetação de Cachoeira do Campo por meio da análise palinológica de um meandro abandonado do Rio Maracujá.
Autor(es): Gomes, Felipe Rocha
Orientador(es): Lana, Cláudio Eduardo
Cassino, Raquel Franco
Membros da banca: Lana, Cláudio Eduardo
Delício, Maria Paula
Souza, Hildeberto Caldas de
Palavras-chave: Palinologia
Rio Maracujá
Meandro abandonado
Data do documento: 2017
Referência: GOMES, Felipe Rocha. Análise da influência antrópica sobre a vegetação de Cachoeira do Campo por meio da análise palinológica de um meandro abandonado do Rio Maracujá. 2017. 47 f. Monografia (Graduação em Engenharia Geológica) - Departamento de Geologia da Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Resumo: A análise palinológica de um testemunho sedimentar coletado em um meandro abandonado do Rio Maracujá, em Cachoeira do Campo (MG), permitiu a observação das transformações da flora local no decorrer dos últimos séculos. Uma determinada camada sedimentar pode apresentar um conteúdo polínico capaz de refletir a vegetação na época de sua deposição, contribuindo para o entendimento da evolução da vegetação. Os meandros abandonados, locais onde são depositados sedimentos de episódios de cheia dos rios, constituem ambientes propícios para a preservação de palinomorfos. Partindo desses princípios, e utilizando-se de métodos de preparação e observação de grãos de pólen e esporos, foram estudado três diferentes níveis de sedimentos do meandro abandonado, na base do perfil (amostra RM-MA 50, com 50cm de profundidade), aproximadamente no meio do perfil (amostra RM-MA 26, com 26cm de profundidade) e o topo (amostra RM-MA02, com 2cm de profundidade). A análise do testemunho possibilitou a identificação de 381 grãos de pólen, 20 esporos de pteridófitas, 2 zooclastos e 1 zigósporo de alga. Dentro dessa contagem foram identificados 20 tipos polínicos e 3 tipos de esporos. Os grãos de pólen foram classificados em nível de família, gênero, e quando possível, em espécie. Já os esporos foram identificados apenas como esporos de pteridófitas e separados de acordo com suas características morfológicas. Com a datação da base do testemunho sedimentar, foi possível verificar o início da sedimentação em 530 anos AP, excluindo qualquer indício de influência antrópica no processo de formação do meandro abandonado. Tanto na amostra da base como na intermediária e topo, as famílias das Asteráceas e Poáceas foram as mais abundantes em termos percentuais e de concentração. Foi possível notar um grande aumento da influência das herbáceas na paisagem, com o passar do tempo, além da inclusão de espécies exóticas, típicas em atividades antrópicas. Palavras-chave: Palinologia, Rio Maracujá, Meandro abandonado.
Resumo em outra língua: The palynological analysis of a core collected in an oxbow lake of the Maracujá River, in Cachoeira do Campo (Minas Gerais - Brazil), allowed the observation of the local flora’s transformation during the last centuries. A certain sedimentary layer can present a pollen content that may reflect the vegetation at the time of its deposition, contributing to the understanding of the vegetation’s evolution. Oxbow lakes, places where sediments from flood episodes of rivers are deposited, are favorable environments for the preservation of palynomorphs. Based on these principles and using methods of pollen grains and spores preparation and observation, three different levels of the oxbow lake’s sediments were studied: at the bottom of the core (sample RM-MA 50, at a depth of 50cm), approximately in the middle of the core (sample RM-MA 26, at a depth of 26cm) and the top (sample RMMA02, at a depth of 2cm). The analysis of the core allowed the identification of 381 pollen grains, 20 pteridophyte spores, 2 zooclasts and 1 algal zygospore. Within this result, 20 pollen types and 3 spores types were identified. The pollen grains were classified at family level, gender, and when it was possible, in kind. The spores were identified only as pteridophytes and separated according to their morphological characteristics. It was possible to verify, with the date of the core’s sedimentation bottom, its beginning in 530 years BP, excluding any evidence of anthropic influence in the process of formation of the oxbow lake. From the bottom to the top of the core, the Asteraceae and Poaceae families were the most abundant in terms of percentage and concentration. It was possible to notice a great increase of the herbaceous’ influence in the landscape through time and also the inclusion of exotic species, typical in antropic activities. Key words: Palinology, Maracujá River, Oxbow lake.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/451
Licença: Autorização concedida à Biblioteca Digital de TCC da UFOP pelo(a) autor(a), 02/06/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.3, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:Engenharia Geologica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA_AnáliseInfluênciaAntrópica.pdf2,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons