Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/334
Título: O Concílio de Trento e a discussão acerca do estatuto da imagem.
Autor(es): Santos, Luísa Ximenes
Orientador(es): Ribeiro, Marília de Azambuja
Palavras-chave: Arte barroca - história e crítica
Igreja Católica - história
Concílio de Trento
Arte sacra - história e crítica
Iconografia - Igreja Católica
Data do documento: 2013
Referência: SANTOS, Luísa Ximenes. O Concílio de Trento e a discussão acerca do estatuto da imagem. 2013. 43 f. Monografia (Especialização em Cultura e Arte Barroca) - Universidade Federal de Ouro Preto. Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Ouro Preto, 2013.
Resumo: Esta monografia de pós-graduação em Cultura e Arte Barroca reflete sobre o estatuto da imagem religiosa em ocasião do Concílio de Trento (1545-1563) em meio ao processo de reforma da Igreja Católica. A partir do ítem Da invocação, veneração, e Relíquias dos Santos, e das Sagradas Imagens de sua sessão XXV, ocorrida em 1563, lança-se um olhar sobre o debate teológico envolvendo a questão imagética anterior ao século XVI, percebendo a retomada, pelos padres conciliares, de argumentos já bastante correntes, devido ao surgimento de severas críticas à Igreja Católica. Recebem destaque importantes questões sobre a legitimidade do uso de imagens pela Igreja, tais como a representação do invisível, a veneração e adoração da pintura sacra e, por conseguinte, a iconoclastia, bem como seu papel na instrução dos fiéis, ao fixar em suas memórias as narrativas sacras e os exemplos de Cristo e dos santos.
Resumo em outra língua: This monograph on Baroque Culture and Art reflects on the statute of religious imagery in the Council of Trent (1545-1563), during the process of reformation of Catholic Church. The item On the invocation, worship and relics of the saints and of holy images of its session XXV, held in 1563, regards the theological debate on the imagery issue before the 16th century and perceives the resumption of recurring arguments by conciliar priests due to the emergence of a heavy criticism to the Catholic Church. Important issues on the legitimacy of the use of images by the Church are highlighted, such as the representation of the invisible, the worship of sacred painting and, furthermore, inconoclasm, as well as its role in the teaching of the congreagation, as it sets in their memories the sacred narratives and the examples of Christ and the saints.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/334
Licença: Autorização concedida à Biblioteca Digital de TCC's da UFOP pelo autor, 20/02/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:Cultura e Arte Barroca

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA_ConcílioTrentoDiscussão.pdf701,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons