Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/304
Título: Barroco mineiro : nação civilizada, patrimônio protegido.
Autor(es): Rezende, Edson Fialho de
Orientador(es): Mattos, Yára
Palavras-chave: Patrimônio histórico
Arte barroca - história e crítica
Preservação e conservação
Aspectos educacionais
Museus
Data do documento: 2011
Referência: REZENDE, Edson Fialho de. Barroco mineiro : nação civilizada, patrimônio protegido. 2011. 78 f. Monografia (Especialização em Cultura e Arte Barroca) - Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Resumo: Monografia apresentada ao curso de pós-graduação em Cultura e Arte Barroca que analisou o estilo artístico denominado Barroco Mineiro, movimento cultural caracterizado pelas inovações artísticas e sociais do século XVIII e classificado no século XX como patrimônio histórico e cultural do país. Apresenta como objetivos uma reflexão sobre o papel do estado brasileiro, seu discurso e sua prática, na introdução de uma política oficial de proteção do patrimônio através da criação do IPHAN e a construção do conceito de identidade nacional enquanto instrumento civilizatório da sociedade. Buscou ainda elucidar como alguns museus de caráter histórico e artístico em Minas Gerais, sob tutela do governo federal, apropriaram-se do período barroco para estabelecer a representação de uma nacionalidade. A pesquisa orientou-se sobre a indagação do papel pedagógico dessas instituições museológicas e suas relações com a educação, contextualizada entre leituras de fatos que se renovam a cada dia. Sendo um estudo descritivo, tem como principal conclusão que, o sentido da proteção do barroco mineiro como testemunho de significados e ações simbólicas, só se justifica em um contexto sócio-político de educação formal e informal da sociedade; dessa forma, permite o reconhecimento e a apropriação do patrimônio histórico, artístico e cultural em Minas Gerais como símbolo de uma civilização primordial na formação da identidade nacional.
Resumo em outra língua: Monography presented at the postgraduation course on Culture and Baroque Art that analyzed the artistic style called Mineiro Baroque, cultural movement characterized by artistic and social innovations in the 18th century and classified as historical and cultural heritage of the country in the 20th century. It aims to make a reflection on the role of the Brazilian government, its speech and its practice, in the introduction of an official policy of heritage protection through the creation of IPHAN and the construction of the concept of national identity as civilizing instrument of society. It also tried to elucidade how some museums of historical and artistic features in Minas Gerais state, under federal government custody, appropriated the baroque period in oprder to establish the representation of a nationality. THe research was oriented on the questioning of the pedagogical role of these museological institutions and their relationships with education, it has as main conclusion that, the sense of the protection of Mineiro Baroque as a witness of meanings and symbolic actions, is only justified in a socio-political context of formal and informal education of society; in doing so, it allows the recognition and appropriation of historical, artistic and cultural heritage of Minas Gerais state as symbol of a primordial civilization in the national identity.
URI: http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/304
Licença: Autorização concedida à Biblioteca Digital de TCC's da UFOP pelo autor, 23/01/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:Cultura e Arte Barroca

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA_BarrocoMineiroNação.pdf659,81 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons